Automação para hidratar peças plásticas no processo de embalagem - Automação para hidratar peças plásticas no processo de embalagem

Um dos plásticos de engenharia mais utilizados hoje no Brasil é a poliamida 6,0 e 6,6 também conhecidas como nylon. São usadas mais de 20.000 toneladas por ano para fabricação de peças automotivas, como engrenagens, buchas, e lacres, sem contar o que é utilizado para o mercado têxtil.

Esses produtos geram uma dificuldade muito grande na operação pois tem a necessidade controle rígido de umidade e inclusive um processo para hidratar as peças, o que implica em:

Como ajudamos a simplificar esse processo?

Um processo normal hoje tem as seguintes etapas:
  1. Secagem da matéria prima;
  2. Injeção
  3. Hidratação mergulhando os produtos em água
  4. Embalagem
A INOBAG junto a parceiros de plásticos criou uma solução onde é possível hidratar peças no momento da embalagem. Dessa forma, temos a segurança de que as peças irão manter seu dimensional e suas propriedades mecânicas enquanto estão no estoque.

As vantagens desse novo processo são:

    • Automação do processo;
    • Redução de etapas do processo;
    • Uma nova embalagem, moderna e personalizada;

 

Confira o vídeo abaixo da MV5X com bomba d’água, solução para hidratar peças de nylon no processo de embalagem

Imagem da capa de Emilian Robert Vicol por Pixabay