Blog Post - Qual a embaladora correta para o seu processo? - Qual a embaladora correta para o seu processo?

A diferença de uma embaladora para outra não é simplesmente a produtividade, existem vários modelos de máquina no mercado e vamos explorar seus perfis e quais pontos devem ser levados em conta para definir a melhor para o seu processo.

O objetivo desse post é abrir a discussão e mostrar que não existe uma solução ideal. Existem várias soluções bem sucedidas e saber exatamente o que é mais importante para sua empresa é o início de toda escolha.

Modelos de embaladora

  • Máquinas Horizontais (Flowpack)

    Mais conhecida como “Flowpack”, é uma máquina automática em que a embalagem é formada ao mesmo tempo que o produto é embalado. Processo contínuo onde o equipamento recebe o produto sobre o filme, dobrando e selando longitudinalmente na forma de tubo.

Vantagens

– Alta velocidade
– Baixo custo
– Boa ergonomia

Desvantagens

– Difícil calibração
– Baixa flexibilidade
– Limitação de produtos

  • Embaladoras Verticais

    Embaladora muito similar à máquina horizontal, a diferença está no sentido em que o produto é inserido na embalagem, nesse caso na vertical. Pode ter 3 ou 4 soldas dependendo do tipo do equipamento.

Vantagens

– Alta velocidade
– Baixo Custo
– Variedade de modelos e fabricantes

Desvantagens

– Ergonomia
– Baixa flexibilidade
– Limitação de produtos

  • Embalagens Pré Confeccionadas

    Sistema que trabalha com rolos de materiais com embalagens pré-confeccionadas em tubo, utiliza uma máquina para selar e imprimir as informações variáveis (código de barra, descrição produto, etc). A alimentação do produto pode ser feita de forma automática ou manual, dependendo do perfil das peças e nível de automação desejado.

Vantagens

– Alta flexibilidade
– Boa ergonomia
– Variedade de dimensões de embalagens

Desvantagens

– Produtividade intermediária
– Custo da embalagem

  • Seladoras Manuais

    Processo manual com seladora comum, nessa operação a pessoa faz todo o processo manual: seleção da embalagem, impressão da etiqueta, inserção do produto na embalagem, selagem e etiquetagem. Devido a produtividade, existem empresas que criam múltiplos postos de trabalho com uma seladora em cada bancada.

Vantagens

– Alta flexibilidade
– Baixo custo de embalagem
– Baixo investimento inicial

Desvantagens

– Baixa produtividade
– Custo alto de mão de obra
– Baixa cadência

Principais variáveis

Capacidade Produtiva

Tempo de operação ou taxa de utilização, embalagens por hora ou minuto.

Exemplo:

Processo manual: 100 embalagens/hora
Máquinas horizontais: Até 6.000 embalagens/hora

Quantidade de SKU (Stock keeping unit)
O que é? →

Quantidade de itens de estoque diferentes a serem embalados nessa linha/operação.

Exemplo:

Quantidade baixa: 15 itens diferentes
Alta quantidade: + 3.000 itens

Tamanho dos Lotes

Quantidade de um SKU que é enviado ao processo de embalagem.

Exemplo:

Até 10 peças processo manual
Acima de 50 peças, soluções semi-automáticas
Acima de 5.000 itens, o melhor é automatizar

Sazonalidade

Variação da demanda dos produtos ao decorrer dos meses/anos.

Observação:

Variações de 15% são aceitas com naturalidade em um processo, ao passo que variações de 50% ou mais precisam de sistemas automáticos afim de evitar problemas de fornecimento.

Flexibilidade operacional

Capacidade de alterar o processo para atender novas demandas de pedidos, embalagens e produtos.

Exemplo:

Empresas que necessitam alterar constantemente seus produtos e embalagens, precisam de processos flexíveis que permitam se ajustar com facilidade.

Criticidade do processo

Relação de quão crítico é o setor de embalagem para a empresa.

Observação:

Quanto maior for a capacidade produtiva e a ociosidade do processo, maior será sua segurança, contudo o custo operacional também será maior.

Custo do processo

Deve ser analisado o Investimento inicial, custo das embalagens, custo da mão-de-obra, e o índice de desperdício da operação.

Observação:

Não é possível comparar o custo do processo na tabela abaixo, pois está muito relacionado ao volume e as particularidades de cada cliente, por isso avaliamos apenas o investimento inicial.

Flowpack

Embaladora Vertical

Embalagens pré
confeccionadas

Processo Manual

Capacidade Produtividade

✓ ✓

✓ ✓

Qtde SKU’s

✓ ✓

Tamanho dos lotes
(de 50 a 500 itens)

✓ ✓

Sazonalidade

✓ ✓

✓ ✓

Flexibilidade operacional

✕ ✕

✕ ✕

✓ ✓

Criticidade do processo

✓ ✓

✓ ✓

Investimento inicial

✕ 

✕ ✕

✓ ✓

seladora embalagens embaladora automatica - Qual a embaladora correta para o seu processo?

Não existe uma máquina ou solução ideal,

A melhor forma de saber é avaliando o que é mais importante ao seu processo e então comparando as alternativas. 

Temos um teste com 10 questões simples para  auxiliar na análise da sua operação.