Como funciona, quais as vantagens e como implementar voice picking: leia tudo que você precisa saber sobre ele!

voice picking
Por Thiago Schoba
03/02/22

A complexidade das operações logísticas têm demandado o desenvolvimento de tecnologias que facilitam cada vez mais as tarefas dentro de uma empresa. Essa lista, inclusive, é imensa. Um desses exemplos atualmente tem sido o voice picking.

Termo em inglês que pode ser traduzido por separação por voz, o voice picking é um conceito bastante intuitivo quando se fala em português.

Apesar disso, essa moderna solução logística tem diversas características e diferenciais importantes. E considerando a relevância do voice picking, resolvemos preparar um conteúdo para falar sobre o funcionamento dela.

A seguir, vamos explicar tudo sobre ela: o que é, quais as vantagens e, claro, o que considerar no processo de implementação dessa tecnologia. Acompanhe e boa leitura!

O que é o voice picking?

O voice picking, também conhecido como pick-by-voice e separação por voz, nada mais é do que um sistema que auxilia os funcionários de uma empresa responsáveis pelo processo de separação a partir de comandos verbais acionados.

O voice picking é uma tecnologia muito forte na indústria 4.0 e, embora possa fazer parte de qualquer parte da cadeia de suprimentos, costuma ser mais utilizado e efetivo na separação de pedidos. O objetivo disso é garantir o máximo de precisão nessa etapa.

Como funciona o voice picking?

Para entender mais sobre a separação por voz, é importante compreender como o voice picking funciona. Vamos explicar a partir de algumas etapas desse processo.

É preciso que o separador utilize um terminal que possua fones de ouvido e um microfone, ao mesmo tempo que tem acesso a um dispositivo de controle. A partir desse momento inicial, o processo se dá da seguinte forma:

  1. O Sistema de Gerenciamento de Armazém (WMS) vai transmitir as informações relativas à preparação de pedidos. Assim, o dispositivo de picking por voz vai traduzi-las para que o operador possa compreender o que precisa ser feito;
  2. Em seguida, então, o trabalhador receberá uma mensagem em seu fone de ouvido com a localização exata à qual deve dirigir-se. Além disso, ele vai ser informado sobre a quantidade de produtos que deve coletar;
  3. Ao chegar no local orientado, o coletador vai precisar dizer um código de controle em seu microfone para que, assim, possa coletar a mercadoria em questão;
  4. O sistema vai, por sua vez, receber a informação e conferi-la. Com isso, vai ser preciso validar com o operador a quantidade que resta na estante para comprovar se o inventário indicado pelo WMS corresponde ao real.
  5. Caso seja a certa, a tarefa vai ser registrada como finalizada. Se não for, o WMS vai identificar o incidente e indica as etapas a serem cumpridas pelo separador;
  6. Por fim, ao final da linha do pedido, o sistema de separação por voz vai comunicar ao trabalhador qual impressora precisa se dirigir para seguir a próxima etapa, que é o caso da etiquetagem, para depois ir para a embalagem.

Quais são as vantagens do voice picking?

vantagens voice picking

Se o objetivo é otimizar a logística de separação, sem dúvidas, existem muitas vantagens em adotar o pick-by-voice em uma empresa que trabalha com entrega de pedidos. A seguir, vamos falar sobre as principais delas.

Aumenta a velocidade e a precisão das tarefas

Em primeiro lugar, obviamente, o principal benefício do voice picking é justamente aumentar a velocidade em que a separação ocorre.

Isso acontece pois, ao não precisar anotar o pedido, o pick-by-voice permite ao  separador tem uma liberdade de movimentos muito maior, além de um campo visual mais amplo.

Através dessa ferramenta, o gasto de tempo será muito menor e o momento “sem atividade” vai ser para realizar as comprovações visuais necessárias.

Sistema flexível e intuitivo de aprender para os operadores

O sistema de picking por voz é bastante fácil de aprender. Graças a isso, o processo de treinar os separadores para aprender a usá-lo é muito pequeno.

Trata-se de um método adequado para armazéns que contam com uma grande rotatividade de trabalhadores, pois eles irão se adaptar facilmente.

Quanto à flexibilidade dele, o sistema consegue fazer com que as instruções possam ser compreendidas no idioma, seja qual for a pronúncia que o trabalhador usa.

Por fim, para se certificar se está tudo correto, o sistema de reconhecimento de voz faz uma calibração no início de cada jornada.

Maior segurança e ergonomia na separação

Como última vantagem citada, o pick-by-voice também ajuda a reduzir os erros na hora de separar os produtos. Os colaboradores precisam apenas seguir os comandos indicados pela voz.

Além disso, os sistemas de picking por voz reduzem os incidentes, uma vez que os operadores não precisam fazer “malabarismo” para manusear diversas cargas enquanto conferem dados anotados.

As etiquetas adequadas também tendem a reduzir atrasos provocados por etiquetagem mal colada ou com rugas que dificultam a compreensão. No caso dessa tecnologia, será preciso apenas recitar os números marcados na etiquetagem e seguir as instruções do sistema.

O que considerar antes de implementar o voice picking

implementar voice picking

Agora, pode restar a dúvida: como posso implementar o voice picking no meu negócio? Para isso, você precisa considerar diversos fatores importantes, como o uso do WMS obrigatório, uma boa rede de internet e a adaptação de sinalizações e fones.

É obrigatório o uso de um WMS

Nenhum voice picking funciona sem um WMS. Esse sistema está por trás da voz modulada que faz toda a orientação para os colaboradores. Sem o WMS, portanto, não é possível instalar os dispositivos de picking por voz.

Uma boa rede de internet

Outro ponto essencial é a necessidade de uma rede internet com uma boa latência para garantir que as informações passadas pela voz para o colaborador consigam acontecer de maneira rápida e compreensível. Com uma internet ruim, o processo fica comprometido.

Adaptação de determinadas sinalizações e tipos de fones

Por fim, é preciso se atentar também em relação às adaptações de determinadas sinalizações, bem como em relação aos tipos de fones.

No geral, o sistema pode ser programado para que funcione com os códigos que já são utilizados nas etiquetas das mercadorias. Além disso, pode ser preciso estabelecer códigos que identifiquem as docas de carga e descarga.

Se o armazém contar com empilhadeiras, por exemplo, será necessário avaliar o tipo de fone. Nesses casos, podem ser utilizados aparelhos com um único fone de ouvido.

Conclusão

O sistema de voice picking é uma ferramenta  muito eficiente para empresas que tem uma grande quantidade de referências e, ao mesmo tempo, uma grande leva de pedidos constantes.

Seu funcionamento é bastante simples e tem se mostrado como uma excelente forma de otimizar o tempo da cadeia de suprimentos.

A redução de falhas no processo de separação e facilidade de uso por parte dos colaboradores são algumas das vantagens em usar essa solução logística.

Por fim, para conseguir implementar bem essa tecnologia, é importante considerar aspectos como internet e, claro, adaptações de sinalizações e fones para a realidade do seu armazém. Investir em picking por voz pode ser um grande diferencial para sua empresa!

Postagens relacionadas