Acuracidade de estoque: o que é, como medir, qual a importância e dicas para você

acuracidade de estoque
Por Thiago Schoba
10/02/22

Assim como é um termo difícil de ser falado, a acuracidade ou acurácia de estoque também pode ser um desafio prático quando pensamos na logística dos armazéns.

Sua importância é tão grande que, mesmo sem perceber, a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa no mercado pode estar na acuracidade de estoque. Para entender mais sobre esse conceito, preparamos um material explicativo sobre o tema.

Além de esclarecer o que significa acuracidade de estoque, iremos falar sobre sua importância e benefícios, bem como a possibilidade dela ser medida. Acompanhe nosso conteúdo e boa leitura!

O que é acuracidade de estoque?

Em primeiro lugar, vale responder a questão: o que é acuracidade de estoque? Também chamada de auditoria de estoque, ela nada mais é do que a precisão dos dados e informações que se tem sobre o estoque de um armazém.

Ou seja, a acuracidade é dada a partir da apuração e análise de tudo aquilo que está presente fisicamente na loja, oferecendo uma equivalência entre o que está registrado no sistema e o que realmente consta no armazém de uma empresa.

Essa palavra, ainda, vem do termo acurácia, bastante comum na matemática para definir a proximidade de um resultado experimental com o seu valor real.

No entanto, a complexidade da acuracidade não fica apenas na palavra. Obter precisão sobre estoque perto dos 100% é um grande desafio nas organizações.

Qual a importância da acuracidade de estoque?

A acuracidade de estoque é importante pois ela permite, em primeiro lugar, a organização de um estoque. Só se tem uma efetiva acuracidade de estoque, portanto, se os números apurados forem exatamente iguais.

Sem um estoque bem acurado, qualquer empresa pode sofrer com os problemas derivados dessa falta de precisão. Entre os principais problemas, podemos citar:

  • Falta de controle dos lotes;
  • Redução da qualidade dos serviços oferecidos;
  • Maior chance de  interrupção de fornecimento;
  • Queda da produtividade laboral
  • Perdas financeiras e maiores gastos.

Benefícios da acuracidade de estoque

benefícios da acuracidade de estoque

Ao mesmo tempo que é importante, a acurácia de estoque também oferece uma série de vantagens para toda a cadeia logística de uma empresa. A seguir, vamos falar sobre os principais benefícios de ter uma eficácia na acuracidade.

Pedidos selecionados mais rapidamente

Em primeiro lugar, a auditoria de estoque permite uma maior velocidade na seleção de pedidos. Ao receber um, a equipe precisa dispor de  dados confiáveis para separar, embalar e enviar com precisão.

Caso a acuracidade seja 100% ou próximo disso,  a rapidez com que essa tarefa de seleção vai ser executada vai ser bem maior, o que vai aumentar a produtividade desse processo.

A entrega ágil de pedidos é um fator essencial para um negócio competitivo se manter em destaque dentro do mercado, ampliando a satisfação e retenção dos clientes.

Além disso, o ganho de tempo nessa atividade reflete em mais tempo para outras tarefas também importantes.

Redução de custos e de perdas

A economia para uma empresa com uma boa acuracidade de estoque é significativa. Isso acontece pois se tem uma força de trabalho mais produtiva que pode atender pedidos com maior eficiência e com precisão.

Ou seja, sua equipe oferece mais produção a partir de um menor gasto de tempo. Além disso, quando se tem uma alta acurácia, há menos chances de erros nos pedidos, o que pode significar menos perdas para a empresa também.

Como medir a acuracidade de estoque?

como medir acuracidade de estoque

Agora que você viu como a acurácia de estoque é importante, você pode se perguntar: como é possível medir a acurácia de estoque?

O objetivo dela, como você sabe, é compreender os níveis de armazenamento físico em relação ao que é registrado no sistema da empresa. Para isso, podem ser levados em contas critérios quantitativos e qualitativos.

Critério quantitativo

Quando se usa um critério quantitativo, é preciso fazer uso da quantidade de estoque físico apurado no inventário e dividi-la pelo estoque físico. Nesse caso, o cálculo fica da seguinte forma:

  • Acuracidade de estoque quantitativa = Saldo da quantidade física / Saldo da quantidade contábil x 100;

 

Critério qualitativo

Para o critério qualitativo, é preciso identificar no inventário todos os itens em que o estoque contábil seja exatamente igual ao físico, ou seja, o SKU (Unidade de Manutenção de Estoque) precisa ser igual ao número 0.

Depois disso, é preciso quantificar o volume de SKUs aferidos. Com esses dados coletados, basta dividir a quantidade de SKUs com diferença igual a zero pela quantidade de SKUs. Dessa forma, o cálculo fica da seguinte maneira:

  • Acuracidade de estoque qualitativa = Quantidade de SKUs = 0 / Quantidade total de SKUs

 

Divergência do estoque

Outro ponto importante de entender sobre esse conceito é o cálculo da divergência do estoque. Ele serve para avaliar os erros no estoque, por isso, deve sempre ser o menor possível. Nesse caso, a forma de calcular a divergência é a seguinte:

  • Divergência de estoque = quantidade física – quantidade no sistema / quantidade no sistema x 100

 

Tecnologia e estoque: uma boa combinação

Conseguir um alto nível de acuracidade de estoque passa por uma série de passos que podem auxiliar na organização do armazém. Podemos destacar, portanto, a classificação prévia dos itens armazenados no estoque e o estabelecimento de  contagens regulares.

No entanto, uma prática que merece atenção para aumentar produtividade da acurácia do estoque é o uso de ferramentas tecnológicas, robótica etc.

Para isso, por exemplo, as empresas devem investir em sistemas de qualidade que favorecem o controle das informações e a automatização de processos.

Isso pode ser possível através de sistemas ERP, que permitem a conferência dos estoques por meio de leitores e coletores de dados. Além disso, esses sistemas ajudam a garantir uma contagem cíclica dos produtos por periodicidade ou curva ABC.

Com a inclusão de ferramentas como essa, é possível que a empresa garanta bons indicadores de acuracidade de estoque e baixos níveis de divergência.

Conclusão

Um elevado nível de acuracidade de estoque pode ser a peça-chave que seu negócio precisa para alavancar as vendas e crescer cada vez mais. Em primeiro lugar, é essencial saber como está o nível da sua empresa na precisão.

Para isso, a gente te mostrou como você pode fazer cálculo, tanto qualitativo como quantitativo, da acuracidade e, assim, saber medir a saúde do seu armazém em relação a esse aspecto.

Por fim, para aumentar a acurácia, portanto, além de fazer uma classificação prévia dos itens armazenados e realizar contagens regulares, uma das principais maneiras é apostar em ferramentas tecnológicas que ajudem na cadeia logística!

Postagens relacionadas