Como evitar ferrugem: tudo o que você precisa saber

como evitar ferrugem
Por Thiago Schoba
26/05/22

Para quem lida com máquinas, peças automotivas e outros tipos de ferramentas, entender como evitar ferrugem é imprescindível.

As dicas nesse sentido sempre são úteis para garantir que esses elementos durem e sejam mantidos em bom estado por muito tempo.

Esse cuidado é essencial para manter a produtividade e a sustentabilidade do negócio. Afinal, a ferrugem é um problema que afeta não só os processos, bem como a saúde das pessoas expostas a esse tipo de material.

Com as dicas certas, você consegue evitar esse efeito negativo e até mesmo reverter um cenário em que a oxidação já ocorreu. 

Quer saber mais? Então não perca as dicas valiosas deste artigo.

Antes de saber como evitar, entenda o que é ferrugem

Primeiro, é preciso conceituar o que é a ferrugem e entender como ela ocorre. Trata-se do processo de oxidação do ferro, em que há uma reação dos componentes do metal com o oxigênio do ar e da água.

A partir disso, forma-se uma nova substância resultante que age na corrosão do material original, comumente chamada de ferrugem.

Visualmente, é uma camada alaranjada que cresce sobre as ferramentas e peças, gerando seu desgaste de forma acelerada.

Assim, as peças vão se decompondo aos poucos e causam também problemas à saúde humana, como o tétano e outras infecções.

Quando tocamos em uma superfície enferrujada, podemos até sentir os pedaços do metal se degradando e praticamente sendo desmontados aos poucos. 

Se você mora em locais litorâneos, o cuidado deve ser redobrado

Um dos principais fatores que aceleram a corrosão por conta de oxidação é a presença da água ou da umidade.

Portanto, quem mora em locais litorâneos, que tendem a ter climas mais úmidos, deve redobrar o cuidado e a atenção.

Nesses ambientes, é mais comum a presença de elementos enferrujados, por conta da ação da umidade sobre a superfície metálica.

Por isso, se você mora em um local assim, deve prestar ainda mais atenção ao que falaremos aqui, para entender como evitar ferrugem e recuperar elementos enferrujados.

Como evitar ferrugem: conheça algumas ações preventivas

Agora, vamos a algumas dicas práticas de como evitar ferrugem. Nesse tópico, a ideia é trabalhar com ações preventivas.

Mantenha o ambiente limpo e seco

Primeiro, garanta que o ambiente esteja limpo e devidamente seco, sem que as peças, máquinas e outros elementos metálicos estejam em contato com a umidade. 

Ou seja, uma das formas de prevenir esse efeito é evitar molhar os componentes ou expor a líquidos.

Evite arranhões ou atritos desnecessários

Em uma superfície de metal, um arranhão corrói o componente e o torna suscetível a reter mais água e umidade.

Além disso, se você tiver uma estrutura por cima que protege contra oxidação, como uma tinta, ela será removida por meio desse atrito.

Assim, a dica número 2 é evitar qualquer tipo de arranhão. Cuide bem de suas ferramentas metálicas, de modo a evitar contatos que prejudicam sua estrutura.

como evitar ferrugem ações preventivas

Aplique produto para evitar ferrugem

Quando o assunto é como evitar ferrugem, felizmente, hoje você conta com produtos que ajudam bastante. Eles protegem uma estrutura metálica da corrosão típica da ferrugem. 

Os cristais de sílica-gel ajudam em componentes pequenos. Há quem recomende também bicarbonato de sódio, zarcão e tinta anti-corrosiva.

A tinta claramente aplica uma camada por cima que protege o material da peça ou ferramenta. Dessa forma, a exposição será menos danosa. 

Faça manutenções regulares

O cuidado pressupõe as manutenções e a constante reavaliação do que está sendo feito. Assim, você também acompanha as condições de seu equipamento para assegurar que ele esteja livre da ferrugem. 

Ou seja, se for aplicar algum produto, por exemplo, refaça o processo de vez em quando. Sempre monitore o ambiente para evitar umidade e cuide para que a ferramenta esteja bem protegida de exposição. 

Como evitar ferrugem: prefira metais mais resistentes 

Se você chegou até aqui e já entende melhor como evitar ferrugem, então está pronto para a nossa próxima dica: o uso de materiais resistentes.

Busque metais resistentes, com estrutura interna que já protege automaticamente contra a oxidação.

É o caso do aço inoxidável, que realça a barreira contra a exposição do metal à água e ao ar. 

Há também o metal galvanizado, que aplica zinco para proteger ainda mais o material. O componente atua como uma superfície extra em cima do metal, de forma que evita contato direto com umidade e com o oxigênio.

Além disso, o zinco reforça a defesa em caso de arranhões, a partir de outra camada interna que mantém a segurança. 

Outro argumento a favor é que o elemento também é reativo ao oxigênio, por isso, consegue se defender melhor contra o efeito causado pela reação com o ar e com a água. 

Nesse caso, o zinco é chamado de metal de sacrifício, por ser um elemento que reveste o elemento original daquela ferramenta e o protege. 

Ele se expõe ao oxigênio e impede que o produto seja exposto. Por ser mais resistente, apresenta menos problemas e um efeito menos avassalador.

como evitar ferrugem dicas

Não teve como evitar ferrugem, e agora, como tirar?

Há casos em que a corrosão já ocorreu  e não há mais nada a fazer em termos de prevenção. Nesse caso, é preciso ser reativo e agir depois do problema já instalado.

Há exemplos de lixas e escovas que ajudam a limpar a peça ou máquina, de modo a remover o desgaste.

Temos também sprays no mercado que auxiliam nesse quesito, com fluidos específicos para uma ação de combate à oxidação.

O que é bom para tirar a ferrugem?

Podemos mencionar pinturas, lubrificantes e até óleo. Há pessoas que recomendam soluções com vinagre e ácido cítrico. 

A Inobag oferece automações para embalar e selar produtos, máquinas de autosserviço e muito mais. Confira as nossas soluções para aumentar a produtividade da sua logística!

Conclusão

Para quem lida com ferramentas ou peças, é preciso entender como evitar ferrugem e saber as melhores estratégias para combater esse efeito. 

Assim, é viável garantir que esses elementos durem mais, se desgastem menos rapidamente e continuem sendo usados no dia a dia.

Com menos dores de cabeça nesse quesito, a empresa mantém a produtividade e saúde de seus processos.

Postagens relacionadas