Indústria 4.0: entenda o que é, benefícios e como impacta o mundo

indústria 4.0
Por Thiago Schoba
18/11/21

A história da sociedade é marcada por diversas revoluções industriais que geraram impactos e transformações profundas na forma de consumo. Desde a primeira revolução industrial, muita coisa mudou.

Atualmente, o mundo vive a quarta revolução industrial, também chamada de indústria 4.0, que, assim como as demais revoluções, têm oferecido uma série de impactos quanto à fabricação, produção e distribuição industrial.

Dada a sua relevância, explorar mais sobre esse assunto é muito importante. Ao longo desse artigo iremos explicar não só do que se trata a indústria 4.0 mas também como ela surgiu, seus pilares e efeitos, bem como você pode preparar sua empresa para essa transição. Boa leitura!

Saiba como otimizar o tempo de processos da sua empresa!

O que é a indústria 4.0?

A indústria 4.0 diz respeito a um cenário industrial que reúne os avanços tecnológicos quanto à automação, digitalização e informação dentro do processo produtivo.

Ela é chamada também de quarta revolução industrial, considerando as mudanças que oferece para os modos de produção dentro da indústria.

Como surgiu a indústria 4.0?

A indústria 4.0 é um termo que foi propagado pela primeira vez na Feira de Hanovar, na Alemanha, que aconteceu em 2011.

Ele foi utilizado como um conceito que resumia as mudanças promovidas nos processos industriais, principalmente quanto às informações.

Os pilares da indústria 4.0

A indústria 4.0 se baseia em alguns aspectos importantes. Entre eles estão princípios relevantes como, por exemplo:

  • Tratamento de dados de forma instantânea e em tempo real;
  • Virtualização e simulação de realidades;
  • Descentralização do controle de atividades;
  • Orientação a serviços;
  • Produção de acordo com a demanda e flexibilidade.

Quais as tecnologias da indústria 4.0?

tecnologias indústria 4.0

Além dos princípios norteadores da indústria 4.0, é importante conhecer as principais tecnologias que identificam a quarta revolução industrial. Algumas delas são:

Big data

O big data está bastante ligado ao grande volume de informações que a modernidade envolve. Os softwares tradicionais não são capazes de gerenciar esse volume, o que faz com que o big data seja essencial para isso.

Essa tecnologia é responsável por analisar a partir de conjuntos de dados gigantescos, funcionando como uma abordagem para agir dentro dos dados com maior complexidade.

Todo esse processo se dá por meio de técnicas de aprendizagem de máquina que vão extrair informações relevantes assim como tendências cruciais.

Computação em nuvem

A computação em nuvem é a tecnologia que permite o compartilhamento de serviços computacionais, como é o caso de banco de dados – dentro da internet, através da capacidade de memória e armazenamento.

É ela quem permite que se acesse dados e recursos computacionais de forma remota, a partir de diferentes dispositivos, em qualquer horário.

Inteligência artificial

A inteligência artificial faz uso da simulação da inteligência humana em uma máquina, como forma de gerar aprendizado para interpretar comportamentos de sistemas. Dessa forma, a máquina passa a racionalizar e tomar decisões de modo automático.

Internet das coisas

A internet das coisas se associa à interconexão da rede de computadores. A partir dela, os objetivos passam a se comunicar de forma remota e controlada para se ter mais eficiência. Ela oferece troca de dados entre diferentes dispositivos de forma instantânea.

Impactos positivos da Indústria 4.0

Entre os impactos positivos da indústria 4.0 pela sua automação industrial, podemos destacar elementos como, por exemplo:

  • Aumento da capacidade produtiva de pequenas a grande empresas;
  • Operação integrada e em tempo real;
  • Redução de cursos e economia de energia;
  • Ampliação da possibilidade de customização.

Impactos negativos da Indústria 4.0

Por outro lado, a indústria 4.0 também apresenta algumas desvantagens que precisam ser consideradas, como é o caso de fatores como:

  • Sujeição à espionagem industrial;
  • Monopolização do poder aos tecnocratas;
  • Redução das oportunidades de trabalho.

Indústria 4.0 no Brasil: o cenário atual

O Brasil, assim como diversos outros países, tem fomentado o desenvolvimento da indústria 4.0 no território.  No entanto, ainda se trata de um processo inicial.

A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) revelou, em um estudo feito em 2018, que 32% das empresas nunca ouviram falar sobre esse conceito.

Além disso, a indústria nacional ainda é contemplada com problemas de segurança, tecnologia legadas, falta de habilidade e conectividade e até mesmo dificuldades com a implementação de inteligência artificial. Por isso, trata-se de um contexto desafiador.

O mercado de trabalho e o profissional na indústria 4.0

mercado de trabalho indústria 4.0

As mudanças tecnológicas que esse novo cenário promove faz com que o mercado de trabalho demande uma adaptação dos nossos profissionais inseridos nessa indústria.

É importante que cada vez mais os profissionais estejam qualificados e preparados quanto a conhecimentos de programação, análise de dados e inteligência artificial. Alguns dos setores voltados para essa indústria são, portanto:

  • Setor automotivo: mecânico de veículos, programado de unidades de controles eletrônicos e técnico em informática veicular;
  • Tecnologia de informação: analista de IoT, especialista em big data e engenheiro de cibersegurança;
  • Construção civil: integrador de sistema de automação predial, gestor de logística de canteiro de obras e técnico de automação predial.

Como preparar sua empresa para a indústria 4.0?

A indústria 4.0 é uma tendência mundial que pode ser necessária para a sua empresa. Por isso, é importante saber como incorporá-la a esse novo contexto.

Em primeiro lugar, é essencial compreender as necessidades do seu setor, identificando as áreas de melhora que podem ser contempladas pela inteligência artificial e a big data, por exemplo.

Ao fazer esse mapeamento e compreendendo os usos de cada uma dessas tecnologias, você deve desenvolver um plano de ação a longo prazo para esse investimento.

Nesse processo, é muito importante qualificar a mão de obra que irá atuar diretamente com essas novas ferramentas da indústria 4.0. Assim, então, será mais fácil realizar a transição.

Saiba como otimizar o tempo de processos da sua empresa!

Conclusão

Nesse artigo você pode entender mais sobre a indústria 4.0 e como ela pode impactar dentro do seu negócio. O avanço da automação e digitalização da informação são importantes aspectos da quarta revolução industrial!

Postagens relacionadas