Embalar Produtos: 5 Dicas para fazer de forma ideal 

embalar produtos
Por Thiago Schoba
03/08/21

Uma embalagem de produto bem feita faz toda a diferença para a qualidade que esse chega no seu destino. Para quem vende, portanto, essa é uma parte muito importante do processo.

E se saber embalar produtos do jeito certo é muito importante, aqui vem uma importante pergunta que você pode se fazer: como embalar meus produtos?

Nesse artigo, iremos explicar quais são as normas para o desenvolvimento de embalagens de produtos, além de oferecer as principais informações e dicas para levar em conta na hora embalar produtos com qualidade. Boa leitura!

A redução de mão de obra é a principal forma de justificar o investimento, saiba como otimizar o tempo da sua empresa!

A importância do processo de embalar produtos

A embalagem se trata do recipiente que vai garantir a conservação e facilitar o transporte e manuseio daquele produto.

Mas por que o processo de embalar produtos é tão importante? O investimento em embalagem tem como principal objetivo garantir a integridade física dos produtos.

Isto é, durante a venda e a entrega de um produto, é muito importante que ele chegue em perfeito estado até o cliente. Para a operação de embalagem, portanto, podem ser usados diversos tipos de embalagens, de acordo com a demanda daquele tipo de produto.

Quais são as normas para o desenvolvimento de embalagens de produtos? 

Existem algumas regras e informações para se levar em conta na hora do desenvolvimento de embalagens de produtos. São elas:

  • Denominação de venda;
  • Indicação da origem;
  • Nome ou razão social e endereço do fabricante / importador;
  • Lote e Prazo de validade;
  • Instruções sobre o preparo e uso, quando necessário.

Quais os tipos de embalagem?

Alguns fatores para se levar em conta são essenciais para desenvolver uma técnica para embalar produtos. 

De modo geral, as embalagens podem ser divididas em dois tipos: 

  1. Embalagens entregues ao cliente na hora da compra em lojas físicas,
  2. Embalagens utilizadas para envio através da transportadora.

No caso de embalagens para retirada, é preciso levar em conta se ela tem capacidade suficiente para suportar o peso do produto e apresentar sua marca estampada.

Isso é importante, por exemplo, para divulgar bem seu negócio e também como forma de identificação.

Por fim, é também muito importante conhecer a hierarquia dos tipos de embalagem na logística.

  • Primárias: são embalagens que têm contato direto com o item e o protege diretamente, por exemplo, garrafas de refrigerante;
  • Secundárias: embalagens que armazenam embalagens primárias e podem também ser usadas para fazer o transporte;
  • Terciárias: essas agrupam embalagens secundárias e têm o papel de acondicionar os produtos para o transporte;
  • Quaternárias: acondicionam um grande número de unidades, a fim de facilitar a movimentação e o transporte;
  • Quinto Nível: no geral, são voltadas para o transporte em longas distâncias. Um exemplo disso são contêineres que se usa em remessas internacionais.

Quais são os principais materiais para embalar produtos?

materiais para embalar produtos

No mercado, existem diversos tipos de materiais que podem ser usados para embalar produtos. Vamos falar sobre alguns tipos.

Vidro

O vidro é um dos materiais mais antigos e  bastante comuns na embalagem de produtos. Alguns dos seus benefícios que o fazem ser escolhido são:

  • Durabilidade;
  • Resistência;
  • Impermeabilidade;
  • Inerte e estéril.

Através do vidro é possível manter os produtos bem isolados do ar e outros elementos externos que podem oxidar ou danificar o produto para o consumo, por exemplo.

Se bem vedado, as embalagens com esse tipo de material podem apresentar uma grande capacidade de conservação.

Além disso, do ponto de vista da sustentabilidade, o vidro é um totalmente reciclável. É muito comum ser escolhido por fabricantes e distribuidores que embalam bebidas.

Outra vantagem desse tipo de embalagem é sua transparência: permite que o consumidor veja o conteúdo da embalagem.

Alumínio

As embalagens de alumínio são também outra opção segura para embalagens. Devido às suas propriedades, esse composto é utilizado para embalar produtos que precisam ser transportados por longas distâncias, por exemplo.

O alumínio é uma opção também indicada para embalar produtos sensíveis à luz. Outros benefícios deste material são:

  • Durabilidade;
  • Maleabilidade;
  • Resistência à oxidação; 
  • Reciclagem;
  • Capacidade de manter produtos frescos por mais tempo.

Aço

A lata de aço é uma embalagem saudável pois dispensa a adição de conservantes e preserva os nutrientes dos produtos. 

Além disso, é prática e versátil, sendo resistente contra oxigênio, contaminações e perigos microbiológicos. Por fim, vale ressaltar que o aço é 100% reciclável, sendo degradável num período médio de 5 anos.

Plástico

Embalagens plásticas são extremamente versáteis, flexíveis e resistentes. Elas podem, ainda, ter a sua densidade alterada na fabricação para atender a exigências da empresa fabricante.

Os principais tipos de plásticos utilizados para embalagens de alimentos, por exemplo, são:

  • PVC – Policloreto de Vinila
  • PS – Poliestireno;
  • PET – Polietileno tereftalato:
  • PEAD – Polietileno de alta densidade

No entanto, um lado negativo do plástico é que eles não são recicláveis pelo fato de elevarem o custo do processo. Portanto, o plástico descartado leva milhares de anos para se decompor.

Papel Ondulado

Por fim, existem as embalagens de papel ondulado. Elas têm como benefícios, por exemplo:

  • Resistência à choques, variações de temperatura e compressão;
  • Versáteis;
  • Excelente grau de utilização.
  • Não agride o meio ambiente. 

Além de não agredir o meio ambiente, o papel ondulado tem uma taxa de reciclagem crescente e é 100% biodegradável.

5 dicas de como embalar produtos de forma ideal 

dicas para embalar produtos

Agora que você já sabe diversas informações sobre embalar produtos, chegou a hora de conhecer algumas dicas para embalar produtos da melhor forma.

Tenha embalagem adequadas para cada tipo de produto  

Cada produto demanda um tipo de embalagem. Portanto, saber identificar a embalagem adequada para cada produto é essencial para não ter problemas com o produto durante o transporte. 

Você deve considerar, por exemplo, a fragilidade do produto no caso de embalar produtos para ecommerce.

Crie um design atrativo 

Como embalar personalizados para entrega? Um bom design da embalagem para o produto sempre chama atenção do cliente. 

Por isso, é importante definir o design mais adequado, sendo de fácil manuseio, mas ao mesmo tempo atraente!

Escolha materiais de qualidade 

A qualidade dos materiais precisa ser sempre colocada como prioridade, pois isso irá afetar no processo de entrega do produto até o destinatário final.

Atenção as normas para desenvolvimento de embalagens

Existem informações obrigatórias que devem vir na embalagens e isso precisa ser levado em conta na hora do processo.

Invista em automação

Otimizar o tempo de embalar os produtos é uma das melhores formas de tornar o processo mais eficiente. Portanto, investir na automação de embalagens é uma ótima maneira de solucionar isso. 

Conheça a Máquina de Embalagem Industrial Automática da Inobag!

Conclusão

Esse artigo apresentou diversas informações sobre embalar produtos, desde a importância desse processo, como os principais materiais usados na embalagens. 

No entanto, entre as principais dicas para embalar produtos da forma ideal, está a automatização desse processo!

Postagens relacionadas